Nova mansão de Flávio é cobrada no Conselho de Ética
Beto Barata / Agência Senado
Nova mansão de Flávio é cobrada no Conselho de Ética

Nesta quarta-feira (03), integrantes e representantes do PT, PSOL e Rede protocolarem uma ação que cobra a abertura de um processo pela quebra do acordo do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), no Conselho de Ética do Senado. As informações foram apuradas pelo Estado de Minas. 

Flávio Bolsonaro, filho mais velho do atual presidente da República, Jair Bolsonaro , comprou um imóvel no Setor de Mansões Dom Bosco, no Lago Paranoá, em Brasília . A região integra um bairro nobre da capital e a nova casa adquirida pelo senador, gira em torno dos R$ 6 milhões. 

A nova aquisição veio uma semana depois da decisão do Superior Tribunal de Justiça ( STJ ), ter revogado a quebra do sigilo bancário e fiscal de Flávio na investigação das “ rachadinhas ”. 

“Novas e gravíssimas denúncias de movimentações financeiras incompatíveis com os rendimentos declarados pelo senador Flávio Bolsonaro, ora representado, inundaram o noticiário nacional. Não é a primeira vez que transações imobiliárias são colocadas em cheque por investigadores do Ministério Público do Rio de Janeiro, razão pela qual merecem ser amplamente esclarecidas e investigadas”, aponta o pedido. 

Você viu?

Essa ocasião, não foi a primeira vez que partidos políticos apresentam uma ação contra o senador: 

- Fevereiro de 2019: Flávio é denunciado por supostamente praticar as “rachadinhas” ;

- Maio de 2019: Após informações privilegiadas de um informante importante da Polícia Federal, caso das “rachadinhas” ganha nova representação;

- Junho de 2020: Ação é enviada em razão da prisão de seu ex-assessor, Fabrício Queiroz, no caso das “rachadinhas”;

- Dezembro de 2020: Uma denúncia é encaminhada sobre uso indevido da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) pelo governo federal com o intuito de usar informações para beneficiar defesa de Flávio. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários