Onyx Lorenzoni teria deixado a pasta temporariamente e
José Dias/PR
Onyx Lorenzoni teria deixado a pasta temporariamente e "a pedido"

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) publicou nesta sexta-feira (26) no Diário Oficial da União (DOU) a exoneração de Onyx Lorenzoni do cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência. 

Consta no DOU que a exoneração ocorreu “a pedido”. Segundo a Secretaria-Geral da Presidência, o ministro teria deixado o cargo "para tratar de emendas do orçamento no Congresso Nacional", e retornar no dia 2 de março.

Onyx foi o quarto Secretário-Geral da Presidência durante o governo Bolsonaro; antes dele, a pasta foi dirigida pelo já falecido Gustavo Bebianno; por Floriano Peixoto; e por Jorge Oliveira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários