Caso
Reprodução: iG Minas Gerais
Caso "'Triplex do Guarujá": Boulos vira réu por invasão

A Justiça Federal , através da juíza Lisa Taubemblatt, da 6ª Vara Federal de Santos-SP, decidiu receber a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra  Guilherme Boulos por invasão ao triplex do Guarujá-SP , que aconteceu em abril de 2018.

Na ocasião, o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MST) realizou um proteto contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com o MPF , o grupo cometeu um crime por "destruirou danificar coisa própria, que se acha em poder de terceiro por determinação judicial ou convenção". O trecho é do artigo 346 do Código Penal . A legislação prevê, para esse tipo de ilicitude, pena de seis meses a dois anos de prisão , com acréscimo de multa .


Segundo o portal Uol, a defesa de Boulos não se manifestou. Porém, em 2020, o ex-candidato a prefeitura de São Paulo já havia declarado que a denúncia se tratava de uma "nova farsa do triplex".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários