Alcolumbre deve suceder Simone Tebet na presidência da CCJ
Reprodução: iG Minas Gerais
Alcolumbre deve suceder Simone Tebet na presidência da CCJ

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado volta a funcionar nesta quarta-feira (24), de modo semipresencial, depois de ficar parada por todo o ano de 2020 em decorrência da pandemia. Segundo apuração do  Congresso em Foco, o novo presidente da Comissão deve ser Davi Alcolumbre (DEM-AP)

O ex-presidente do Senado  deve ser o escolhido para suceder Simone Tebet (MDB-MS). A CCJ é uma comissão importante, pois analisa a constitucionalidade ou não de quase todas as matérias que passam pelo Senado.

O nome de Alcolumbre é apoiado pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Caso se confirme a escolha, haverá uma ala do MDB insatisfeita, como o líder da maioria, Renan Calheiros (MDB-AL), que reivindicava para o partido a manutenção do comando da CCJ.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários