Primeira decisão de Arthur Lira à frente da Câmara já exaltou os ânimos na Casa
Pablo Jacob/Agência O Globo
Primeira decisão de Arthur Lira à frente da Câmara já exaltou os ânimos na Casa

Após a primeira ação do novo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que retirou adversários da oposição da posição na Mesa , a nova eleição para definir quem ocupará os cargos da Mesa Diretora da Câmara ficará para esta quarta-feira (3), às 10h.

Na segunda-feira (1), assim que Arthur Lira (PP-AL) foi eleito, ele indeferiu o bloco aglutinado por Baleia Rossi (MDB-SP), argumentando que o prazo foi extrapolado. Os aliados de Baleia justificaram que o atraso ocorreu devido a uma falha no sistema eletrônico de registro.

Antes da canetada de Lira, o grupo do preidente teria 3 titulares (além do próprio Lira na presidência) e o de Baleia, outros 3. Se a manobra não for revertida haverá 5 aliados de Lira entre os 6 titulares, com apens o PT representando a oposição na Mesa.

O PT é o partido com mais cadeiras na Casa e, por isso, tem tamanho suficiente para ter cargos mesmo sem precisar se aliar a outras siglas. Porém, o partido pode passar da 1ª Secretaria, um dos cargos mais importantes, para a 4ª.

A eleição foi adiada por conta da reação dos partidos prejudicados pela atitude de Lira. Eles não aceitam ter perdido espaço na Mesa. C om o adiamento, Lira busca um novo acordo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários