Prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM)
Beth Santos/PCRJ
Prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM)

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes ( DEM ) declarou nesta segunda-feira (18) durante entrevista coletiva que viu com "esperança" o início da vacinação contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), mas ponderou que é apenas “luz no fim do túnel”.

“Obviamente eu queria deixar um recado para todos os cariocas, o início da vacinação não é o fim da pandemia, é literalmente a luz no fim do túnel, então nós continuaremos com as medidas que vínhamos anunciado nas últimas semanas, colocando restrições, fazendo acompanhamento do nível de contaminação das regiões da cidade, fazendo a fiscalização e sempre pedindo a colaboração das pessoas”, afirmou Paes.

O início da campanha de vacinação na capital fluminense está marcada para esta segunda (18), às 17h, no Cristo Redentor , apesar do atraso na entrega das doses do imunizante, que era esperado no Rio às 13h, mas que por problemas logísticos, não foi entregue.

Você viu?

O prefeito informou ainda que neste primeiro momento, receberá “200 e poucas” mil doses da vacina, o que representa 100 mil pessoas imunizadas na cidade.

Eduardo Paes usou a entrevista para parabenizar o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) pelo empenho pela aprovação da CoronaVac:

“Queira fazer um registro, de congratulações ao governador João Doria a ao instituto Butantan por terem perseguido de maneira muito competente para que tivéssemos a vacina disponibilizada para a população, com muita emoção vimos a monica, aquela enfermeria de sao paulos sendo vacinada ontem, nós sabemos que essa é esperança”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários