Edmilson Rodrigues
Divulgação
Edmilson Rodrigues

Em Belém, o candidato Edmilson Rodrigues (PSOL) venceu o Delegado Eguchi (Patriota), que contava com o apoio do presidente Jair Bolsonaro , e assume a capital do Pará pelos próximos quatro anos. A vitória do socialista veio com 51,76% dos votos válidos após a apuração de 98,56% das urnas. Eguchi está com 48,24%.

Com empate técnico em todas as pesquisas, Rodrigues tomou a dianteira na reta final da campanha. Deputado federal pelo segundo mandato, ele vai para o seu terceiro mandato como prefeito de Belém, cargo que já ocupou entre 1996 e 2004, quando ainda era filiado ao PT .

A vitória é mais um duro golpo para os bolsonaristas, já o Everaldo Eguchi, delegado da Polícia Federal, corporação que integra desde 2007, fez uma campanha usado slogans semelhantes aos de Jair Bolsonaro, na tentativa de atrair o eleitorado simpático ao presidente da República.

A candidatura de Edmilson, por sua vez, atraiu apoio de artistas importantes, entre elas, Fafá de Belém, Gaby Amarantos e Dona Onete. 

Durante o último debate, o vencedor atacou Eguchi usando os números alarmantes da Covid-19, que já levou quase 7 mil vidas no Pará. Em Belém foram quase dois mil mortos. Na ocasião, Edmilson questinou o adversário: "o senhor seguirá a mesma orientação do presidente que o apoia?”, colando uma das principais críticas a figura de Bolsonaro no candidato do Patriotas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários