Luciano Huck chegou a participar do Fórum Econômico Mundial, em Davos, neste ano
Reprodução
Luciano Huck chegou a participar do Fórum Econômico Mundial, em Davos, neste ano

O presidente do partido Cidadania, Roberto Freire, está investindo na disputa presencial de 2022 com o nome do apresentador Luciano Huck . Na visão de Freire, Huck seria o "candidato dos sonhos" por ter "conteúdo" e ser um "progressista". As declarações foram feitas à revista Crusoé.

"Eu o conheço, não estou falando do nome de uma celebridade. Ele tem conteúdo, tem formação. E informação. É alguém que tem liderança, não é qualquer um que faz programa de televisão com ligação direta com a população mais vulnerável deste país".

O presidente do Cidadania defendeu que Huck também conseguiria mostrar conhecimento sobre desigualdade social e meio ambiente, com foco na construção "do futuro de uma pátria verde".

"Só beócios é que ficam imaginando que riqueza se constrói destruindo a floresta, a Amazônia, quando a riqueza está na floresta em pé, na biodiversidade, na biotecnologia. Esse é o mundo do futuro. O pasto e o plantio de soja precisam de cada vez menos terra pelo avanço da produtividade, do conhecimento. Se alguém pensar que falo isso dele é porque ele é apresentador de televisão, não entendeu nada".

Na visão de Freire, Huck "está atravessando a rua", expressão utilizada por ele para definir que o apresentador estaria disposto a abrir mão da carreira na televisão para ingressar na política.

O apresentador Luciano Huck tem até março de 2021 para decidir se será candidato em 2022. O prazo foi estipulado pela Rede Globo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários