Bruno Covas (PSDB), candidato à reeleição em São Paulo
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Bruno Covas (PSDB), candidato à reeleição em São Paulo

O prefeito e candidato à reeleição em São Paulo,  Bruno Covas (PSDB) negou que há uma " segunda onda " do novo coronavírus na capital paulista, mesmo com os alertas emitidos por autoridades e hospitais sobre o aumento de internações. A declaração foi feita na manhã desta quinta-feira (19), durante uma agenda de campanha realizada pelo tucano.

Covas afirmou que "há uma estabilidade na pandemia" duas vezes nesta quinta. A primeira foi após tomar café da manhã em uma padaria localizada no Itaim Paulista, na Zona Leste da capital, e outra na entrevista coletiva realizada às 11h.

"Vamos mostrar que não há segunda onda na cidade e que há uma estabilidade na pandemia ", disse, após ser questionado sobre as informações divulgadas pelo Sistema Estadual de Análise de Dados (Fundação Sead), que aponta para um aumento de 29,3% das internações.

As intenções de votos no segundo turno municipal, previsto para o dia 29 de novembro, mostram a liderança de Bruno Covas , que tem 47% contra 35% do concorrente, Guilherme Boulos (PSOL).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários