Ministra Damares Alves é alvo de investigação da PGR por tentativa de impedir aborto legal de menina estuprada
Geraldo Magela / Agência Senado / Agência Brasil
Ministra Damares Alves é alvo de investigação da PGR por tentativa de impedir aborto legal de menina estuprada

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves , se posicionou nas redes sociais diante da abetura de investigação da Procuradoria-Geral da República contra ela, após uma suposta tentativa da ministra Damares de impedir o aborto legal de uma menina de 10 anos , que engravidou após ser estuprada no Espírito Santo .

 "Lá vou eu de novo falar do assunto. Eu pedi que a PF investigasse, entenderam? Não temos nada a esconder. Fomos ao ES pela explosão no número de crianças grávidas no estado. E continuamos, o trabalho não acabou. É nosso dever institucional defender as crianças, todas elas", escreveu Damares .

A investigação foi autorizada em uma apuração preliminar pelo Procurador-Geral Augusto Aras . "Caso surjam indícios mais robustos de possível prática de ilícitos penais pela noticiada, poderá ser requerida a instauração de inquérito", alegou Aras ao informar o procedimento ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Senadores do Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Republicano da Ordem Social (Pros) abriram queixa contra a ministra alegando crime de responsabilidade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários