russomanno
Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Deputado federal Celso Russomanno, candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Republicanos


O candidato do Republicanos à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno , se defendeu das críticas e acusações de racismo que recebeu, após dizer que a homenagem ao mês da consciência negra em semáforos da cidade é um "ato de vandalismo" , com a declaração de que "teve namorada (negra), inclusive" e que foi " criado por mãe de leite negra ". As declarações foram dadas durante entrevista ao UOL .


"Eu não vou polarizar essa questão. Eu fui criado por uma mãe de leite, negra. Eu sou uma pessoa que não vejo diferença entre os negros e os brancos. Tenho grandes amigos que são negros. E tive namorada, inclusiv e. Eu não tenho problema nenhum com isso. Agora, a prefeitura não pode fazer uma campanha e não dizer para população o que é que ela está fazendo", afirmou.

Segundo o candidato, a prefeitura errou ao não comunicar os moradores da cidade sobre se tratar de uma homenagem. Russomanno tentou associar o gesto dos punhos cerrados - utilizado nos semáforos em decorrência da homenagem ao mês da consciência negra -, comumente associado ao movimento negro , a um suposto gesto de esquerda , e por isso a reprovação.

"Depois que eu tomei conhecimento do que a Prefeitura queria fazer. A Prefeitura deveria ter feito uma campanha, porque se a gente remeter essa história, nós vamos mostrar que em 1917 Lênin usava o punho fechado como defesa do socialismo ", disse. "Esse gesto é um gesto que é tido, ao longo de quase cem anos, é como um gesto de esquerda. A gente tem que apagar a história primeiro para depois a gente falar sobre isso."

Russomanno disse que Covas vai ser punido por improbidade administrativa por colocar os punhos cerrados nos semáforos e, supostamente, violar a código de trânsito.

    Veja Também

      Mostrar mais