Presidente Jair Bolsonaro
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro tem Trump como um de seus principais aliados

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) escreveu nas redes sociais nesta terça-feira (3) que "há sempre uma forte suspeita de ingerência de outras potências" nas eleições dos Estados Unidos (EUA). "É inegável que as eleições norte-americanas despertam interesses globais, em especial, por influir na geopolítica e na projeção de poder mundiais", disse Bolsonaro.

Apesar das acusações, ele não apresentou provas de como isso ocorre. O presidente citou como exemplo o que, segundo ele, seriam interferências também no Brasil.

"No Brasil, em especial pelo seu potencial agropecuário, poderemos sofrer uma decisiva interferência externa, na busca, desde já, de uma política interna simpática a essas potências, visando às eleições de 2022", escreveu.

Bolsonaro ainda disse que "devemos nos inteirar, cada vez mais, do porquê, e por ação de quem, a América do Sul está caminhando para a esquerda". De acordo com o presidente, "nosso bem maior, a liberdade, continua sendo ameaçado".

"Nessa batalha, fica evidente que a segurança alimentar, para alguns países, torna-se tão importante e aí se inclui, como prioridade, o domínio da própria Amazônia", completou o presidente.

    Leia tudo sobre: Donald Trump

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários