Paulo Marinho e Flávio Bolsonaro.
Reprodução
Paulo Marinho e Flávio Bolsonaro.

Para a tarde desta segunda-feira (21), está prevista a acareação entre Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e o seu suplente Paulo Marinho.  O confronto de versões entre o senador e o empresário diz respeito ao suposto vazamento da Operação Furna da Onça , que investiga um esquema de corrupção na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

O Ministério Público Federal acredita que Flávio Bolsonaro ou Paulo Marinho mentiram em depoimento sobre suposto vazamento da operação.

"Com certeza alguém mentiu, né? E não fui eu", disse Paulo Marinho a jornalistas, ao chegar ao MPF por volta das 14h30, segundo informações do G1 .

De acordo com Marinho, Flávio Bolsonaro disse que um delegado da Polícia Federal vazou informações sobre a operação.

Dessa forma, o então deputado estadual Flávio Bolsonaro teria conhecimento prévio de que a Lava Jato iria promover uma operação, a Furna da Onça, e que ela atingiria a Alerj . O senador nega.

A defesa de Flávio Bolsonaro havia informado que ele não iria comparecer à acareação desta segunda-feira. Como senador , ele tem foro privilegiado e pode agendar dia, hora e local.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários