sóstenes cavalcante
Agência Brasil
O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) ficou 11 dias na UTI mesmo após o uso da cloroquina, mas segue em defesa do medicamento

O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) estava alinhado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na defesa do uso da cloroquina para combater o novo coronavírus, mesmo sem respaldo das autoridades sanitárias.

Ao desenvolver um quadro agravado da Covid-19 , com 70% do pulmão comprometido e 11 dias na UTI, o parlamentar disse que a cloroquina não trouxe melhoras e que estava pensando em gravar um vídeo de adeus para a família.

Após a recuperação sem interferência da cloroquina, Sóstenes Cavalcante continua defendendo a medicação e fim do isolamento social, mas aconselhou Bolsonaro a "obedecer a medicina".

A justificativa dada pelo deputado para a ineficácia da cloroquina foi o uso tardio da medicação, que reforça teses bolsonaristas sem comprovação científica sobre como a droga deve ser ingerida.

"Mas quando o vírus vem na forma mais grave, acho que nada resolve", disse para a coluna Painel da Folha de São Paulo. O deputado lembra dos dias difíceis afirmando que não é mais o mesmo e se descrever como mais "paz e amor" nos embates contra rivais.

Deputados de esquerda lhe enviaram mensagens solidárias no hospital. "Isso ajuda a gente a lutar", disse.

    Veja Também

      Mostrar mais