Moro
Agência O Globo / Zimel
Ex-ministro da Justiça do Governo Bolsonaro, Sergio Moro

O ex-ministro Sérgio Moro rachou o movimento virtual pela democracia que está sendo organizado pelo Direitos Já!. A possibilidade do juiz que foi aliado de Jair Bolsonaro não agradou a todos, apesar de ter sido proposta pelo deputado José Nelto (Podemos-GO). Segundo a colunista da Folha de São Paulo Mônica Bergamo, a reação dos políticos de centro-esquerda foi imediata.

O pré-candidato à Prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos disse: "se ele entrar por uma porta, eu saio por outra". O ex-ministro Aldo Rebelo também se manifestou e pediu para ser avisado "quando estiver para acontecer".

A justificativa dada pelo deputado José Nelto para o convite a foto foi a "coragem de poucos" que o ex-ministro teve de combater a corrupção e "nunca ter se insurgido contra a democracia".

Para Fernando Guimarães, coordenador do movimento, o "ex-ministro Sergio Moro era até recentemente auxiliar direto do presidente" e por esse motivo "não foi convidado".

Guimarães disse ainda que "é a coordenação do Direitos Já! que tem a prerrogativa de realizar os convites". 

    Veja Também

      Mostrar mais