Os bastidores do Senado foram expostos pelo colunista Léo Dias, que está entre os assuntos mais comentados do Twitter neste domingo (14). Além da vida das celebridades, ele passará a divulgar o que acontece em Brasília e o alvo da vez foi o atual presidente do Senado, David Alcolumbre, que, segundo o jornalista, está envolvido em polêmicas como adultério, áudios comprometedores e chantagens.

Leia também: Senado cancela sessão da MP trabalhista, que será semana que vem

David Alcolumbre
Agência Brasil
Presidente do Senado, Davi Alcolumbre


Leia também: Senado aprova proibição de despejo por liminar até o fim de outubro

Na época em que era deputado federal, David Alcolumbre se complicou devido a uma gravação clandestina que investigava um amigo desembargador eleitoral do Amapá. O que foi descoberto, segundo o colunista, é que o magistrado tinha uma amante e que todos os meses era o então deputado quem depositava uma boa quantia em dinheiro para ela.

Leia também: Senado exclui professores de proteção contra congelamento de salários

A gravação foi feita pelo marido traído que, de acordo com Léo Dias, chama-se Bruno. Ele desconfiou da traição e decidiu esconder um gravador para ter provas e, com isso, conseguiu muitas informações – incluindo coisas comprometedoras de David Alcolumbre, que quando virou senador passou a ser chantageado e desembolsou um grande valor com medo dos áudios serem vazados.

    Veja Também

      Mostrar mais