STF
Rosinei Coutinho/STF
Pedido foi feito ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O partido Rede Sustentabilidade ( Rede ) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que a ação aberta pela sigla que questionava o inquérito das fake news seja extinta. Pedido aconteceu dois dias após a deflagração da Operação da PF que investigava um esquema de disseminação de notícias falsas. Os alvos da operação eram apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. 

Leia também: Após pedido, governo nega flexibilização da quarentena para região do ABC

No pedido, que foi feito nesta sexta-feira (29), a Rede reconhece que, no último ano houve uma "escalada autoritária por parte de alguns mandatários". Além disso, a sigla diz que " evidenciou-se, de modo cada vez mais explícito, o mal das fake news para a democracia ". O afirma ainda que o inquérito mostrou ser um instrumento democrático.

"Se, em seu nascedouro, o inquérito, ao que indica a mídia, apresentava inquietantes indícios antidemocráticos, um ano depois ele se converteu em um dos principais instrumentos de defesa da democracia e da lisura do processo eleitoral", afirma a Rede.

A ação que a Rede deseja extinguir serviu de base para que o Procurador-Geral da República, Augusto Aras , pedisse que o inquérito fosse suspenso. O ministro Edson Fachin, do STF, enviou o pedido de Aras para todos os ministros que deverão analisá-lo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários