Damares é uma das aliadas ao presidente Bolsonaro na defesa do uso da cloroquina
Anderson Riedel/PR
Damares é uma das aliadas ao presidente Bolsonaro na defesa do uso da cloroquina

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves , defendeu na última quinta-feira (14) o uso da cloroquina para o tratamento de pacientes nos estágios iniciais da Covid-19 e sugeriu que um "anjo do céu" pode provar que o medicamento é eficaz.

"Não tem comprovação científica? Como não tem? São milhares de páginas escritas por cientistas no mundo inteiro que o remédio dá certo, que a combinação de remédios... O que mais querem? Que um anjo desça do céu para dizer que o remédio dá certo?", disse a ministra.

Leia também: Regina Duarte diz que é vítima de "venenosos" da imprensa em rede social

Damares deu a declaração durante visita à cidade de Floriano, no interior do Piauí, para buscar um protocolo de atendimento a pacientes infectados pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Você viu?

A visita de Damares se deu a pedido do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) antes mesmo do ex-ministro Nelson Teich pedir exoneração do comando do Ministério da Saúde nesta sexta-feira (15).

Leia também: Sobrevivente de Covid-19 de 113 anos: 'Os idosos são esquecidos'

Durante a visita, a ministra elogiou o protocolo piauiense e disse que havia ficado "impactada" com os resultados observados. Vinte pacientes foram tratados nos últimos 15 dias usando a hidroxicloroquina na primeira fase da doença, quando aparecem os sintomas.

Damares, que não tem formação médica, disse que foi à cidade porque é direito dos pacientes saber que existe esse protocolo e de escolher.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários