Nesta quinta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu a retomada do calendário do futebol no Brasil e usou a juventude e as boas condições físicas dos atletas como argumento.

Leia também: Brasil estaria achatando a curva de contágio da Covid-19, diz especialista

Presidente Jair Bolsonaro
Agência Brasil
Presidente Jair Bolsonaro

"Não sou eu que vou abrir ou não o futebol. No momento, existe muita gente do meio futebolístico que entende, que é favorável à volta. Porque o desemprego está batendo à porta dos clubes também. E com a idade jovem do jogador, caso seja acometido pela Covid-19 , a chance de ele partir para a letalidade é infinitamente pequena. Até pelo estado físico, pela rigidez do atleta", declarou o Bolsonaro , em entrevista à rádio Guaíba .

Leia também: Quando a Covid-19 vai acabar? plataforma aponta previsões sobre fim da pandemia

"Agora, ele [atleta] tem que sobreviver. Muita vezes, a gente tem o pensamento que todo mundo, os jogadores, ganham horrores. Não, a maior parte não ganha bem e precisa do futebol para sustentar a sua família. Estão passando necessidade", continuou o mandatário.

Durante o papo, ele também disse ter falado sobre o assunto com o presidente da CBF (Confederação Brasileira do Futebol), Rogério Caboclo, e com Walter Feldman, secretário-geral da entidade. "A decisão de voltar o futebol não é minha, não é do presidente da República, mas nós podemos colaborar".

Ao falar sobre a paralisação das atividades, ele dissertou: "Como se pudéssemos ficar livres do vírus. Como se o vírus fosse matar todo mundo. Esse vírus é letal para quem tem comorbidade e para quem tem idade avançada. Esses têm que ter um cuidado todo especial".

Leia também: Nova aposta: hospitais dos EUA testam eficácia de antiácido contra Covid-19

"Eu já conversei com o Ministério da Saúde [para], no que depender de nós, dar um parecer nesse sentido, para que o futebol volte sem torcida. Parece que a Anvisa também vai dar um parecer nesse sentido", concluiu Bolsonaro .

    Veja Também

      Mostrar mais