Carta aberta dos governadores do sul e sudeste será entregue hoje ao governo federal
Agência Brasil/Reprodução
Carta aberta dos governadores do sul e sudeste será entregue hoje ao governo federal

Em coletiva nesta quarta-feira (02), Doria anunciou que sete governadores do sul e sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina) elaboraram carta solicitando ações urgentes do governo federal para evitar o colapso econômico dos estados . A carta será encaminhada ainda hoje, segundo o governador do estado de Sâo Paulo.

As reinvindicações são:

  • A recomposição de perdas na arrecadação de ICMS, royalties e participações especais, entre outros;
  • Inclusão do financiamento às empresas para os pagamentos de impostos entre as alternativas a serem oferecidas pela rede bancária, a exemplo do pagamento dos funcionários;
  • Aprovação de emenda constitucional para prorrogação de pagamento de precatórios;
  • A suspensão de pagamento da dívida com a União por 12 meses;
  • A assunção pela União de pagamentos junto a organismos internacionais, como o Banco Mundial (esses pagamentos seriam incorporados ao saldo devedor);
  • Suspensão dos pagamentos mensais do Pasep;
  • Aprovação do Plano Mansueto no Congresso (substituto do deputado federal Pedro Paulo).
  • Aprovação da emenda constitucional consagrando o cômputo das despesas de inativos nas apicações em educação e saúde, alinhada a questão previdenciária nacional

Veja também: Após 'Brasil Não Pode Parar', governo lança slogan 'Ninguém Fica Para Trás'

"É importante que o governo federal olhe estes Estados, que respondem por 71% da economia nacional, 70% da população do Brasil e são os mais atingidos pela covid-19”, afirmou Doria.

Leia mais: "Vírus não escolhe ideologia nem partidos", diz Doria ao replicar Lula 

    Veja Também

      Mostrar mais