mulher
AGENCIA O GLOBO/ARQUIVO
Inês Ettienne foi torturada após ser presa pelo regime militar

Os dias 31 de março e 1º de abril são um aniversário histórico no Brasil. Entre os dois dias em 1964 ocorreu o golpe militar que se transformou em regime militar ditatorial (1964-1985). Nesta terça-feira (31), autoridades se posicionaram homenageando as datas mas geraram reação nas redes, com a hashtag #DitaduraNuncaMais.

Pelo Twitter, instituições e pessoas reagiram por meio da hashtag #DitaduraNuncaMais . Até esta publicação, a tag está 90 mil citações.

A repercussão aconteceu depois que o vice-presidente da república General Hamilton Mourão afirmou também pela rede social que "Há 56 anos, as Foças Armadas intervieram na política nacional para enfrentar a desordem, subversão e corrupção.

Em mensagem enviada às Forças Armadas como Ordem do Dia nesta-terça feira (31), entoada nos quartéis do país, o ministro da Defesa Fernando Azevedo e Silva diz que o golpe militar de 1964 é um marco para a democracia brasileira.

Segundo o texto do ministro , "O Brasil reagiu com determinação às ameaças que se formavam àquela época" e "O Movimento de 1964 é um marco para a democracia brasileira. Muito mais pelo que evitou".



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários