Witzel criticou discurso que defende que pessoas voltem às ruas
Eliane Carvalho
Witzel criticou discurso que defende que pessoas voltem às ruas

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel , fez um pronunciamento na noite desta sexta-feira (27) por uma rede social e afirmou que vai decretar mais 15 dias de distanciamento social . O novo prazo começa a valer a partir de segunda, já que o fim do primeiro período de distanciamento seria na terça.

"Falar para as pessoas irem para a rua hoje é criminoso", disse o governador, sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro, que tem defendido o isolamento somente para grupos de risco, como idosos com mais de 60 anos e pessoas com comorbidades. "Estamos preocupados porque se não mantivermos as restrições que o mundo inteiro adotou nós teremos graves problemas para salvar a sua vida. Precisamos que você fique em casa, precisamos que você mantenha o isolamento social", acrescentou Witzel.

Leia também: Governo proíbe entrada de estrangeiros de qualquer nacionalidade por 30 dias

Apesar do anúncio de prorrogar as restrições, o governador disse que, a partir de 4 de abril, vai, com a ajuda do secretário de Saúde, Edmar Santos, começar a reavaliar as restrições.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários