Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e Celso Russomanno
Aloisio Mauricio/Fotoarena/Agência O Globo e Vinicius Loures/Câmara dos Deputados
Prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e Celso Russomanno

Pesquisa Ibope divulgada neste domingo (23), encomendada pela Associação Comercial de São Paulo, mostra que o deputado federal Celso Russomanno (Republicanos) e o prefeito Bruno Covas (PSDB) disputam a liderança na corrida eleitoral pela Prefeitura da capital paulista. O republicano aparece com 24% das intenções de voto, enquanto o tucano, que é candidato à releeição, está com 18%.

A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos e indíce de confiança de 95%. Isso significa dizer que em 95% dos casos, os números representam a realidade considerando a margem de erro. Nessas condições, Russomanno e Covas podem estar empatados tecnicamente dentro do limite da margem, com a possibilidade de ambos terem 21% das intenções de voto.

Leia também: "Discussão completamente equivocada", diz Maia sobre adiar eleições municipais

No segundo bloco de candidatos aparecem Márcio França (PSB), ex-governador e candidato ao Palácio Bandeirantes em 2018, e Guilherme Boulos (PSOL), com 9% e 6%, respectivamente. Eles são seguidos de longe por Andrea Matarazzo (PSD) e Arthur do Val (Patriota), ambos com 3%, e Jilmar Tatto (PT) e Joice Hasselmann (PSL), com 2%. Os entrevistados que afirmaram pretender votar nulo ou em branco são 27%.

Rejeições

O Ibope também perguntou aos entrevistados em quem não votariam de jeito nenhum. Nesse caso, o atual prefeito Bruno Covasé o mais citado. Cerca de um em cada três paulistanos (35%) rejeitam a hipótese de votar no tucano.

Outros 29% descartam a possibilidade de escolher Russomanno. A seguir vêm Boulos (22%), Joice (21%) e França (18%). Nesta pergunta, os entrevistados puderam citar mais de um nome.

    Veja Também

      Mostrar mais