Medida foi anunciada por Doria durante coletiva concedida nesta sexta-feira (20).
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Medida foi anunciada por Doria durante coletiva concedida nesta sexta-feira (20).

O governador do estado de São Paulo, João Doria (PSDB) afirmou que irá decretar estado de calamidade pública no Estado. Medida tem como objetivo frear avanço do coronavírus e será publicada no Diário Oficial no próximo sábado (21).

Leia também: Witzel rebate críticas de Bolsonaro e diz: "Não quero que Rio vire uma Itália"

"O reconhecimento do estado de calamidade pública no estado de São Paulo a partir de amanhã, sábado, dia 21 de março, com a publicação no Diário Oficial do estado. O objetivo desta medida não é gerar pânico e nem pavor, mas gerar facilidade de ações do governo e dos 645 municípios do estado de São Paulo", afirmou Doria durante coletiva concedida no começo da tarde desta sexta-feira (20).

Locais públicos, como o Zoológico de São Paulo , e unidades de conversação, como o Parque Ecológico do Tietê, também ficarão fechados até o dia 30 de abril. Áreas administradas pela prefeitura, como o Parque do Ibirapuera , também terão as atividades suspensas. 

Na mesma coletiva, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, também confirmou que irá decretar o estado de calamidade pública na capital paulista. Além disso, o prefeito confirmou a instalação de  2 mil novos leitos hospitalares para atender infectados pelo coronavírus.  

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários