Gustavo Bebianno, coordenador da campanha de Jair Bolsonaro em 2018 e pré-candidato a prefeito pelo PSDB no Rio, morreu neste sábado (14), após ter um infarto fulminante em seu sítio, em Teresópolis.

Leia também: Senador Nelsinho Trad testa positivo para coronavírus

bebianno
Valter Campanato/ABr
Gustavo Bebianno se sentiu traído por Bolsonaro e vê Doria com boas chances para 2022


Segundo o presidente estadual do PSDB,  Bebianno estava em casa com seu filho por volta de 4h quando passou mal. Ao ir ao banheiro tomar remédio, ele desmaiou.

Leia também: Governo do Rio antecipa férias escolares para evitar casos de coronavírus

O ex-ministro foi levado para um hospital próximo, mas não resistiu e morreu. Ainda não há informações sobre velória enterro de Bebianno .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários