Após confirmação de coronavírus em secretário de Comunicação, Bolsonaro foi submetido a testes e aguarda resultados
Reprodução / Facebook
Após confirmação de coronavírus em secretário de Comunicação, Bolsonaro foi submetido a testes e aguarda resultados

O presidente Jair Bolsonaro pediu que os amigos não o visitem até que o resultado do teste do novo coronavírus a que se submeteu seja emitido. A coleta de sangue aconteceu na manhã desta quinta-feira (12) por recomendação médica após o teste positivo do secretário de Comunicação da PresidÊncia da República, Fábio Wajngarten. 

Leia mais: Unesp determina quarentena de alunos e funcionários vindos do exterior

No final da tarde, Bolsonaro entrou em contato com o ex-deputado Alberto Fraga (DEM-DF) por telefone, para cumprimentá-lo sobre o julgamento que o absolveu de uma condenação na Justiça do Distrito Federal. Após o contato, o presidente recomendou que Fraga não fosse ao Palácio da Alvorada por conta da suspeita de estar infectado. 

Em entrevista ao jornal O Globo, Fraga disse que durante a ligação, Fraga sugeriu uma visita ao Alvorada dar um abraço no presidente, mas Bolsonaro lhe recomendou a não ir até que os resultados dos exames estivessem em mãos. 

Michelle Bolsonaro visitou ao lado de Bolsonaro, assim como o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e quatro ministros: Ernesto Araújo, Augusto Heleno, Fernando Azevedo e Silva e Bento Albuquerque.

Leia também: Bolsonaro faz pronunciamento em rede nacional nesta quinta-feira

A expectativa é que o resultado do exame saia nesta sexta-feira (13). Até lá, a orientação é que o presidente permaneça no Alvorada , na residência oficial, localizada em Brasília.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários