Eduardo Bolsonaro
Agência Brasil
Eduardo Bolsonaro perdeu liderança do PSL

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro , foi destituído da liderança do PSL na Câmara nesta quarta-feira (4) dando lugar para que Joice Hasselmann ocupasse o cargo. A destituição ocorreu após a Mesa Diretora da Casa aceitar uma lista com 21 assinaturas para que a parlamentar assumisse a cadeira.

A troca na liderança ocorre um dia após o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aceitar o pedido do partido para que 12 deputados da sigla fossem afastados de suas atividades partidárias por um ano. Com os asfatmentos, o PSL reduz temporariamente sua bancada de 65 para 53 deputados.

Leia também: Marqueteiro sugere que terceirizada apagou registros de campanha de Bolsonaro

No ano passado, o PSL passou por uma "guerra de listas" para definir quem seria o líder da legenda na Câmara. Em uma sequência de episódios que mudaram os líderes várias vezes, houve lista derrubando lista, gravações clandestinas das reuniões do partido e até grampos ao presidente Jair Bolsonaro. A crise levou a um racha no partido e à saída de Bolsonaro para ele criar sua própria sigla, a Aliança pelo Brasil.

Eduardo Bolsonaro e outros quatro deputados que estavam na berlinda do PSL não foram suspensos porque têm uma decisão liminar em favor deles. Eles não podem sair do partido ou perdem o mandato.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários