Augusto Heleno
Alan Santos/PR
Ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno

O general Augusto Heleno , ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), disse não saber se o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) queria criar uma Agência de Inteligência Brasileira (Abin) paralela no início do governo de seu pai, o presidente Jair Bolsonaro . A declaração do ministro ocorreu durante depoimento prestado à CPMI das Fake News .

A informação sobre a criação do órgão foi dada pela deputada Joice Hasselmann à CPMI. Em seu depoimento, a parlamentar disse que ouviu conversa do ex-secretário geral da Presidência Gustavo Bebianno e que o general Heleno sabia desse caso.

Leia também: Facebook e Twitter serão acionados na CPI das Fake News

Com essa informação, o deputado federal Rui Falção (PT-SP) convocou Heleno para dar explicações, mas o ministro disse que "não tem conhecimento" do ocorrido.

Na próxima semana está prevista a votação para que Bebianno compareça à CPMI para prestar depoimento. Ele já afirmou publicamente que Carlos realmente queria criar uma nova Abin. Há a expectativa que ele também dê mais detalhes sobre um suposto esquema de envio de mensagens de ódio contra adversários do presidente Jair Bolsonaro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários