Davi Alcolumbre, presidente do Senado
Pedro França/Agência Senado
Davi Alcolumbre, presidente do Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre , quer marcar para a próxima sessão da Casa no dia 3 de março, logo após o Carnaval , o recebimento de um requerimento para o ministro-chefe do Gabinete de Segurança institucional, Augusto Heleno , explicar as críticas que ele tem feito ao Congresso. O pedido foi apresentado por Rogério Carvalho, líder do PT no Senado, para o general prestar esclarecimentos sobre o que ele chamou de "chantagem" do Parlamento com poder Executivo federal.

A aprovação do requerimento para que o ministro vá se explicar no plenário do Senado, no entanto, ainda precisa passar por votação. Para que o depoimento seja marcado, a maioria simples dos senadores precisa votar a favor do pedido.

Leia também: Após se dizer vítima de "invasão", Augusto Heleno admite que foi "imprudente"

As declarações de Augusto Heleno causaram desconforto Senado e na Câmara e mesmo quem concorda com o que o ministro disse entende que ele não poderia ter se expressado publicamente daquela forma. A avaliação dos parlamentares é que a atitude só agravou ainda mais a frágil relação entre o Planalto e o Congresso.

Por conta disso, a aprovação do pedido enviado à presidência do Senado não deve ter dificuldades para ser alcançada.

    Veja Também

      Mostrar mais