Deputado
Luis Macedo/Câmara dos Deputados
No Facebook, Trutis se define como "conservador, pró-armas, anticomunista e carnívoro"

A Polícia Federal instaurou inquérito para investigar o atentado sofrido pelo deputado federal Loester Trutis (PSL-MS) na manhã deste domingo (16). O carro em que estava o parlamentar e integrantes de sua equipe foi alvejado por, no mínimo, cinco tiros.

Leia também:Três pessoas são baleadas em passagem de bloco na Berrini em São Paulo

"O deputado conseguiu revidar o ataque. Apesar da emboscada, todos estão bem e sem ferimentos. O Batalhão de Operações Especiais - BOPE fez a retirada do local e a Polícia Federal já está acompanhando o caso", diz o texto publicado em rede social do parlamentar

Os disparos ocorreram na BR-060 quando eles seguiam de Campo Grande para Sidrolândia. O deputado informou que suspendeu sua agenda de compromissos.

A PF informou que o deputado e o motorista já prestaram depoimento.

Leia também: Arrastão e muita pancadaria em bloco carnavalesco; veja vídeo

Leia a nota da PF :

"A Policia Federal informa, em relação ao ataque praticado contra o Deputado Federal Loester Gomes Gomes de Souza, na data de hoje (16/02), que tomou todas as medidas iniciais em relação ao caso, e instaurou Inquérito Policial para investigar o ocorrido.

O parlamentar e seu motorista não foram atingidos pelos disparos e prestaram declarações buscando colaborar com o procedimento investigativo"

    Veja Também

      Mostrar mais