homem no meio da multidão
Gibran Mendes / CUT Paraná
Ex-presidente Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está na Itália desde a última terça-feira (11) e vai ao vaticano nesta quinta (13) conversar com o Papa Francisco I. O encontro entre Lula e o Papa foi facilitado pelo novo presidente da Argentina, Alberto Fernández, que conversaram no final de janeiro.

No começo do mês, por meio das redes sociais, Lula anunciou a visita ao Papa e afirmou que deve não só agradecer pela "solidariedade que teve comigo em um momento difícil, mas sobretudo pela dedicação dele ao povo oprimido", o ex-presidente falou, ainda, que deve debater com ele a experiência brasileira no combate à miséria.

Leia também: Lula recebe carta de apoio do Papa Francisco: "No fim, o bem vencerá o mal"

O horário do encontro ainda não foi divulgado, mas Lula permanecerá na Europa até o dia 15, quando voltará ao Brasil para prestar depoimento para a Operação Zelotes, que investiga fraudes no Conselho de Administração de Recursos Fiscais (CARF).

A última vez em que o Papa e Lula conversaram foi por meio de carta, quando o ex-presidente ainda estava preso em Curitiba. Na ocasião, o pontífice respondeu a uma carta de Lula prestando solidariedade pelas mortes de Marisa Letícia, então esposa de Lula, e Arthur, neto do ex-presidente, de apenas sete anos.


    Leia tudo sobre: lula

    Veja Também

      Mostrar mais