João Doria
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Peça publicitária foi utilizada pelo governo Doria no começo do ano passado

A Justiça de São Paulo  na última sexta-feira (31) uma ação popular contra o governo do estado que questionava uma peça publicitária de combate à violência contra a mulher . A propaganda chama o estado de São Paulo de "Estado de Respeito".

A decisão foi tomada pela juíza Maricy Maraldi, da 5ª Vara de Fazenda Pública, de uma propaganda que foi utilizada no começo do ano passado com a campanha publicitária de combate à violência contra a mulher.

Leia também: Policial que agrediu mulher grávida é afastado após recomendação de Doria

A propaganda fazia a divulgação do aplicativo SOS Mulher para que as mulheres com medida protetiva pudessem acionar rapidamente a PM e as Delegacias de Defesa da Mulher 24 Horas disponíveis para atendimento ininterrupto.

Esse slogan também foi utilizado na campanha São Paulo Pra Todos, para ampliar o turismo por todo o Estado, a campanha para mostrar os resultados conquistados pelas polícias paulistas, a preparação e o reequipamento das corporações.

    Veja Também

      Mostrar mais