Rodrigo Maia
Eliane Neves/Agência O Globo
Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a criticar o ministro da Educação, Abraham Weintraub, nesta segunda-feira (3). Ao ser questionado sobre a relação com o chefe do MEC, o parlamentar afirmou que não pode negociar com quem "representa a bandeira do ódio". 

Leia também: Bolsonaro não quis ver dados sobre falhas do Enem: “saturei”

"Eu só trabalho com bandeira branca. O problema é que o grupo que o ministro representa é a bandeira do ódio. Eu não posso negociar com quem tem a bandeira do ódio de forma permanente, atacando e agredindo as pessoas em redes sociais", afirmou Maia . "Com o presidente da República a gente vai tratar de todos os temas. Inclusive de Educação. Meu papel é articular com o presidente da República, não com os ministros", completou. 

Na semana passada, o presidente da Câmara já havia feito críticas a Weintraub. Durante evento do banco Credit Suisse, Maia afirmou que o Brasil "não tem futuro". "Como faz para um investidor olhar para um ministro da Educação desse? Nosso país não tem futuro, né? Não tem futuro. Parece um passado ruim, porque conseguiu fazer de um cara desse o ministro da Educação... que construção que nós tivemos". 


    Veja Também

      Mostrar mais