Ministro Onyx Lorenzoni, da Casa Civil
Sidney Lins Jr.
Ministro Onyx Lorenzoni, da Casa Civil

O ministro Onyx Lorenzoni , da Casa Civil , afirmou nesta segunda-feira (3) que o presidente Jair Bolsonaro descartou a reforma ministerial e o chefe da pasta da Educação, o ministro Abraham  Weintraub , continua no cargo.

Onyx conversou com Bolsonaro em uma reunião do sábado (1º) e disse que o presidente está "satisfeito" com sua equipe. "Não, na nossa conversa de sábado (1º) eu abordei esse assunto e ele [Bolsonaro] foi muito firme em me dizer não. 'Não quero mudar ninguém, estou satisfeito com o desempenho de todos'. Eventualmente pode ter claro uma questão aqui ou acolá, isso é normal", disse o ministro, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Leia também: Brasileiros serão trazidos de volta da China até sexta-feira, diz Onyx

O secretário-geral, Jorge Oliveira, conhecido por ser um dos braços direitos de Bolsonaro, também disse que o presidente não pretende fazer mudanças no seu time.

Após sua pasta passar por esvaziamento durante o final de suas férias, Onyx antecipou sua volta, que seria nesta segunda-feira (3) para sexta-feira (31). Entre as baixas da Casa Civil estão a retirada do PPI (Programa de Parceira de Investimentos), que foi para o Ministério da Economia, e a demissão de Vicente Santini, ex-secretário-executivo de Onyx.

    Veja Também

      Mostrar mais