José Adonis Callou de Araújo Sá
Gil Ferreira/Agência CNJ
José Adonis Callou de Araújo Sá

O coordenador do grupo da Lava Jato na Procuradoria-Geral da República ( PGR ), subprocurador José Adônis Callou de Araújo Sá , pediu demissão do cargo nesta quinta-feira (23). Indicado para o posto pelo atual PGR, Augusto Aras , ele estava na posição desde outubro do ano passado e faz o pedido por divergências e insatisfação com a gestão de Aras.

O procurador havia prometido total autonomia para Adônis tocar os casos da Lava Jato, o que incluiria atuar diretamente no Supremo Tribunal Federal (STF) neste casos, sem necessidade de uma assinatura de Aras nas peças e documentos das investigações. De acordo com fontes da PGR, no entanto, esta autonomia não se concretizou e Aras estava interferindo nos trabalhos do grupo.

Leia também: Lava Jato denuncia empresa que fez propaganda ilícita para Dilma

O coordenador da Lava Jato na PGR tem como função coordenar coleta de depoimentos, de provas, coordenar audiências, requisitar informações, e participar de negociações sobre acordos de delação premiada.

Adonis, que também é subprocurador-geral da República, voltará a atuar em processos de tribunais superiores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários