Alê Silva (PSL-MG) arrow-options
Najara Araújo/Câmara dos Deputados
Alê Silva

A deputada Alê Silva (PSL-MG) defendeu neste sábado (18) o assessor da deputada Bia Kicis (PSL-DF), que causou polêmica ao fazer piada com a morte da vereadora Marielle Franco nas redes sociais. 

Em um registro feito dentro do gabinete da deputada , Evandro de Araújo Paulo segura uma camisa com a foto de Marielle e os dizeres “Marielle Vive, enchendo o saco”. Alê Silva, por sua vez, compartilhou a notícia em sua conta do Twitter e defendeu o direito à "livre expressão". 



A parlamentar ficou conhecida após denunciar o esquema de candidaturas laranjas no PSL, que seria comandado pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a quem ela acusa de tê-la ameaçado de morte. 

Leia também: Cliente de chefe da Secom vira 'número 1' em verbas publicitárias da pasta

Após a publicação, a irmã de Marielle, Anielle Franco, respondeu Alê Silva . "Uma deputada que não tem o que fazer? Que lástima heim! Você deveria dar exemplo de comportamento e não incitar ódio entre pessoas que pensam diferente da senhora politicamente. Se dê ao respeito e faça algo produtivo para seus eleitores", escreveu. 

    Veja Também

      Mostrar mais