Jair Bolsonaro
Carolina Antunes/PR
Bolsonaro considerou disputa para o ano que vem como pequena

Em meio à campanha de coleta de assinaturas para homologação do seu novo partido, o Aliança pelo Brasil , o presidente Jair Bolsonaro afirmou reconheceu que tem apenas 1% de chance de a legenda estar apta para lançar candidatos nas eleições municipais. "É muito difícil. Não vou me iludir. A chance é 1%", disse o presidente.

Bolsonaro disse ainda que até agora não definiu apoio a nenhum pré-candidato nas principais capitais brasileiras. Por outro lado, confirmou que gostaria que o apresentador José Luiz Datena se lançasse à disputa pela Prefeitura de São Paulo.

"Não tenho obsessão por formar o partido. Acho que Deus até me ajuda porque você sabe que eleições municipais não influenciam muito nas próximas. E às vezes você elege um cara numa capital aí, se o cara fizer besteira, você vai apanhar na campanha de 2022 todinha", disse.

Leia também: Bolsonaro diz ter conversado com Maia para instituir voto impresso em 2020

Com passagem por nove partidos ao longo de toda a trajetória política, Bolsonaro disse que sempre foi independente em relação às legendas e voltou defender as candidaturas avulsas, que devem entrar na pauta do Supremo Tribunal Federal (STF) no primeiro semestre de 2020.

"Se eu pudesse interferir, eu votaria a favor (do voto impresso). Sou favorável a isso daí. Não é assim nos Estados Unidos?", disse. "Seria excepcional", complementou

    Veja Também

      Mostrar mais