Tamanho do texto

Deputadas do PT e do PSOL ocuparam a Mesa Diretora da Casa e impediram a abertura da sessão; nesta quarta (4) houve bate boca entre parlamentares

Alesp arrow-options
Reprodução/Twitter
Deputadas do PT e PSOL ocuparam Mesa Diretora

Após mais uma confusão na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), a sessão que vota a Reforma da Previdência foi suspensa foi suspensa pelo segundo dia seguido após deputadas do PT e do PSOL ocuparem a Mesa Diretora da Casa. Dessa vez houve um desentendimento entre os servidores e as parlamentares com o presidente Cauê Macris (PSDB). Nesta quarta a sessão também precisou ser suspensa após uma discussão entre os deputados.

A confusão começou quando servidores foram impedidos de entrar na galeria do plenário. Como forma de protesto, deputadas do PT e PSOL ocuparam a Mesa Diretora e impediram a abertura da sessão.

Leia também: Ficou ofendidinho? MBL vende camisa com imagem de Mamãe Falei em briga na Alesp

Em resposta, o presidente da Casa, Cauê Macris, disse que só iria liberar a entrada dos servidores quando elas liberassem a mesa. A sessão precisou ser e será reagendada para outra data.

Assista ao vídeo do momento que servidores tentam entrar na galeria do plenário:

A sessão da noite desta quarta-feira (4) da Assembleia Legislativa de São Paulo teve briga entre deputados. A confusão começou quando o parlamentar Arthur do Val (sem partido), conhecido como Mamãe Falei, discursava na tribuna e passou a atacar servidores simpatizantes do PT que estavam na galeria.

Mamãe Falei , que pertence ao Movimento Brasil Livre ( MBL ) e fui expulso recentemente do DEM, chamou os petista de "vagabundos" e disse que eles estavam ali porque "ganharam mortadela".