Bolsonaro e Mourão
Reprodução/Flickr
Bolsonaro e Mourão

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar nesta terça-feira (26) uma ação que pede a cassação da chapa do presidente Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão. As informações são da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

Leia também: Witzel tenta retirar seguranças de bolsonaristas e Flávio critica: "Covardia"

A ação acusa o presidente de ter apoiado a invasão a um grupo de Facebook chamado "Mulheres Unidas contra Bolsonaro", que tinha mais de um milhão de seguidores. O grupo foi hackeado e o nome foi alterado para "Mulheres com Bolsonaro ". Também foram feitas publicações a favor do então candidato. 

Pouco tempo depois, Mourão , Bolsonaro e um de seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro, agradeceram ao grupo nas redes sociais. "“Obrigado pela consideração, Mulheres de todo o Brasil”, escreveu o presidente. 

A ação diz que a invasão dos hackers é criminosa e configura abuso pois conturbou o pleito e teve o apoio de Bolsonaro. O Ministério Público, no entanto, acredita que o caso não influenciou nas eleições e pede que a ação seja considerada improcedente. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários