Tamanho do texto

A colunista criticou o jornalista da Jovem Pan em post que ele diz que Lula não pensou em visitar familiares antes de fazer discurso após saída da prisão

Fotos do Mônica Bergamo e Augusto Nunes uma ao lado da outra em montagem arrow-options
Reprodução
Colunista da Folha e jornalista da JovemPan trocaram farpas no Twitter

A colunista Mônica Bergamo , da Folha de S. Paulo , rebateu o jornalista Augusto Nunes da Jovem  an após ele ter criticado uma notícia dela sobre as visitas do ex-presidente Lula a seus parentes que faleceram durante o período em que ele cumpriu pena na superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Nunes acusou a colunista de ser "porta-voz" do petista.

Logo em seguida, Mônica retuitou a publicação de Augusto Nunes e pediu para que ele parasse de "usar crianças e mortos para atingir quem você não gosta". "Não percebe que isso é asqueroso?", completou a colunista da Folha .

Na última polêmica envolvendo Augusto Nunes, ele agrediu o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept Brasil . Os dois participavam do programa Pânico , da rádio Jovem Pan, que era também transmitido ao vivo em vídeo pelo internet quando Greenwald chamou Augusto Nunes de covarde por usar os filhos dele, que ele adotou junto com o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), para atingi-lo.

Augusto Nunes, então, tentou golpeá-lo. Glenn se protegeu e os dois levantaram, quando Nunes o acertou. A briga logo foi separada e o programa cortado.

Assista ao momento da discussão: