Deputado Federal Marcelo Freixo (PSOL)
Wilson Dias/Agência Brasil
Deputado Federal Marcelo Freixo (PSOL)

O deputado federal Marcelo Freixo (Psol-RJ) lançou críticas ao ministro da Justiça S érgio Moro nesta quarta-feira (30), em sua conta oficial do Twitter.

Moro foi chamado de 'capacho' de Bolsonaro por Freixo, após o ministro enviar um ofício à Procuradoria-Geral da República e à Polícia Federal. O documento foi emitido para atender ao pedido do presidente sobre o caso Marielle .

Leia mais: Carlos Bolsonaro divulga áudio de portaria de condomínio de Bolsonaro

Moro solicitou a abertura de um inquérito a respeito do depoimento do porteiro que trabalha no Condomínio Vivendas da Barra. As declarações envolvem o presidente Jair Bolsonaro no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes .

Você viu?

No tuíte, Freixo provocou: "Deixe de ser capacho, @SF_Moro. Você é Ministro da Justiça. Lamentável agir como se ainda fosse juiz e já vitimizar Bolsonaro . Exigimos a continuidade da investigação do caso. Se não pode ajudar, continue calado sobre o assassinato de Marielle . Foi só isso que você fez até hoje."

Inquérito

O ofício enviado nesta terça (29) à Procuradoria-Geral da República e à Polícia Federal pelo ministro da Justiça Sérgio Moro já direciona a ação dos investigadores em prol de Bolsonaro

Leia também: Bolsonaro foi citado por suspeito de matar Marielle Franco, diz jornal

No documento, o ministro da Justiça, Sério Moro, aponta: "A inconsistência sugere possível equívoco na investigação conduzida no Rio de Janeiro ou eventual tentativa de envolvimento indevido do nome do Presidente da República no crime em questão, o que pode configurar crimes de obstrução à Justiça, falso testemunho ou denunciação caluniosa, neste último caso tendo por vítima o Presidente da República, o que determina a competência da Justiça Federal e, por conseguinte, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal". 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários