Bebianno já havia demonstrado interesse de integrar o PSDB.
Montagem iG
Bebianno já havia demonstrado interesse de integrar o PSDB.

Ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno foi convidado pelo governador de São Paulo, João Doria, a se filiar ao PSDB , segundo informações da coluna do jornalista Lauro Jardim, no jornal O Globo .

Leia também: Bolsonaro pede desculpas ao STF e diz que publicação de vídeo foi um 'erro'

Bebianno foi o primeiro ministro a ser desligado de seu cargo pelo presidente Jair Bolsonaro. Na época, o então ministro estava envolvido em polêmica com o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente, e foi acusado de estar ligado às candidaturas laranja no PSL.

Quatro meses após ser emitido por Bolsonaro, Bebianno se desligou oficialmente do PSL , partido do qual foi presidente entre março e outubro de 2018. No último dia 14, Doria afirmou que poderia conversar com parlamentares que deixassem o PSL para que eles ingressassem o PSDB.

Leia também: Joice Hasselmann critica vídeo publicado por Bolsonaro: "Burrice é ilimitada"

Segundo a coluna de Lauro Jardim, os dois políticos teriam se encontrado há duas semanas e Doria teria convidado Bebianno para se filiar ao PSDB em São Paulo. Em entrevistas, Bebianno já havia demonstrado interesse de entrar no PSDB ou no DEM. Ele também já informou que pretende disputar as eleições 2020.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários