O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), iniciou tratamento contra câncer
Leon Rodrigues / SECOM PMSP
O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), iniciou tratamento contra câncer

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), iniciou na manhã desta terça-feira (29) o tratamento por quimioterapia para combater um câncer no aparelho digestivo com metástase no fígado . A previsão é que essa primeira sessão dure cerca de 30 horas.

Bruno Covas , de 39 anos, está recebendo a medicação no quarto em que está internado desde a última quarta-feira no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista. Outras duas sessões estão programadas com intervalo de duas semanas entre elas.

Se tiver alta até o próximo ciclo de quimioterapia, as demais sessões serão feitas com o prefeito pernoitando no hospital.

O tucano  deu entrada no hospital na semana passada com erisipela . A doença evoluiu para uma trombose na perna direita , depois para uma tromboembolia bilateral pulmonar e, então, foi descoberto o tumor maligno uma região do aparelho digestivo entre o esôfago e o estômago.

A equipe médica explicou na segunda-feira que o tumor , embora assintomático, se espalhou para o fígado e o sistema linfático. Auxiliares do prefeito que acompanharam a entrevista concedida pelos médicos disseram, reservadamente, que o caso é grave.

Você viu?

Os médicos, entretanto, disseram que por Covas ser jovem e estar em boas condições físicas, tem chances maiores de recuperação.

Nesta manhã, houve a primeira reunião do secretariado municipal sem a presença do prefeito. Covas decidiu não se licenciar, por enquanto, do cargo. Hoje ele despacha com alguns secretários do hospital.

Leia também: Ex-prefeito, Haddad deseja boa recuperação a Bruno Covas: "Força!"

Ele deverá ficar internado, pelo menos, até o fim desta semana para tratar do quadro de trombose. O prefeito tem antibióticos prescritos até sexta-feira.

O diagnóstico de câncer foi um golpe para a articulação política conduzida por Bruno Covas para viabilizar sua candidatura à reeleição em 2020. A agenda de compromissos que ele estava fazendo, geralmente à noite, foi interrompida até que fique claro como ele reagirá ao tratamento de quimioterapia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários