Tamanho do texto

Deputado afirma que o filho do Presidente da República "passou dos limites"

Segundo informações divulgadas na coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo , neste sábado (19), deputados ligados ao presidente do PSL, Luciano Bivar, apresentação pedido para que o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) seja suspenso e levado ao comitê de ética da agremiação. A requisição será levada ao partido no domingo (20).

Leia também: Eduardo Bolsonaro publica vídeo alfinetando deputados do PSL

Eduardo Bolsonaro arrow-options
Roberto Casimiro/Fotoarena/Agência O Globo
Requisição de deputados do PSL pedem que Eduardo Bolsonaro seja suspenso e levado ao comitê de ética do partido

À colunista, o deputado federal Junior Bozzella (PSL-SP) afirmou que a direção executiva do PSL irá acatar a sugestão. "Nós agora temos uma missão: salvar o Brasil dos filhos do presidente. Eles vão afundar o governo do pai deles e o país junto", disse. 

O político também afirmou que  Eduardo Bolsonaro "passou de todos os limites" com a tentativa de derrubar Delegado Waldir, líder do partido na Câmara dos Deputados. Os ataques feitos pelo filho do presidente Jair Bolsonaro ao partido e seus dirigentes nas redes sociais também não foram vistos com bons olhos pelos membros. 

Leia também: Antes "irmãos", Eduardo Bolsonaro e Joice trocam farpas nas redes sociais

"O país está parado há três semanas por causa dos problemas que eles criam. Eduardo quer ser tudo. E não consegue ser nada. É quase embaixador, quase líder, está dando palpite na liderança do partido enquanto o assessor dele está com problema de rachadinhas de salários de funcionários", afirma Bozzella.