Bolsonaro disse a jornalistas que estava
Renato Costa / FramePhoto / Agência O Globo
Bolsonaro disse a jornalistas que estava "com a cabeça quente"

O presidente Jair Bolsonaro se irritou nesta sexta-feira (4) ao ser questionado por jornalistas sobre a denúncia apresentada pelo Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais contra o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), e se ele segue no cargo. "Sem comentários", repetiu o presidente três vezes ao responder repórteres em frente ao Palácio da Alvorada.

O presidente aproveitou para emendar uma reclamação contra a imprensa. "Não tem coisas boas para perguntar para mim? Ralo o dia todo e não tem uma coisa para perguntar?", indagou, afastando-se e passando a cumprimentar um grupo de 35 apoiadores que o aguardava no local.

Leia também: Após indiciamento, MP-MG denuncia ministro do Turismo por candidaturas-laranjas

Após 12 minutos conversando com simpatizantes, entre eles um casal de franceses, Bolsonaro retornou à área onde estava a imprensa e pediu desculpas. "Pessoal, me desculpa aí, eu estou com a cabeça quente", disse.

Você viu?

Em seguida, Bolsonaro disse que os jornalistas "perderam a oportunidade enorme de conversar com os franceses para saber o que está acontecendo no país deles". "Nós não queremos que o que está acontecendo lá aconteça no nosso país", comentou.

Leia também: Bolsonaro decide manter ministro do Turismo no cargo

Segundo relatos de apoiadores, um casal de idosos da França falou com Bolsonaro sobre a questão da imigração em massa no país europeu e criticou o presidente Emmanuel Macron, com auxílio de um brasileiro que traduziu a conversa.

Os repórteres são separados por grades dos simpatizantes e não puderam ouvir a interação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários