Tamanho do texto

Além de assessor, o policial civil Alberto Vieira Júnior também foi candidato a suplente de senador pelo PSL no Ceará. No vídeo, ele dá dez tiros na foto

IstoÉ

Lula sendo Baleado arrow-options
Reprodução/Instagram
No vídeo, fotografia de Lula leva dez tiros.

Candidato a suplente de senador pelo PSL no Ceará, o policial civil Alberto Vieira Júnior publicou um vídeo nas redes sociais em que aparece disparando com uma arma de fogo na direção de uma foto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. As informações são do Jornal do Comércio.

Leia também: Acusação por Lei Maria da Penha vai parar por engano no gabinete de Paulo Guedes 

Alberto Vieira está, atualmente, lotado como assessor parlamentar do gabinete do deputado estadual André Fernandes (PSL-CE). No vídeo, ele aparece recomendando a prática do tiro ao ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, como forma de “extravasar” a raiva.

“Janot, a gente faz é assim, para não tirar a vida de ninguém. Bota uma foto e descarrega, sai toda a raiva”, afirma antes de atirar de vezes contra a imagem do ex-presidente Lula .

Na última semana, Janot revelou que chegou a ir ao Supremo Tribunal Federal (STF) armado para matar o ministro Gilmar Mendes.

    Leia tudo sobre: Lula