Tamanho do texto

Diversos membros da família, incluindo a deputada Flordelis, serão intimados até sexta-feira para participarem da simulação do assassinato

Anderson do Carmo e Flordelis arrow-options
Reprodução
Flordelis e seu marido, o Pastor Anderson do Carmo, antes do assassinato.

A Polícia Civil agendou a reprodução simulada do assassinato do pastor Anderson do Carmo , marido da deputada Flordelis (PSD), para o dia 21 de setembro. O procedimento será realizado às 21h. Quatro filhos da deputada foram intimados na residência do casal pela Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo para participar da simulação.

Leia também: Flordelis reforça inocência e dispara: "pessoas usam minha dor para se promover"

Outros membros da família também serão intimados para participar do procedimento. Por estar em Brasília, a deputada ainda não foi intimada pelas autoridades. Entretanto, a expectativa é que todos os membros que não foram intimados sejam notificados até sexta-feira, quando retornam ao Rio de Janeiro.

No Ministério de Flordelis, a igreja evangélica da família, foram intimados outras três pessoas: o filho André e os netos Rafaela e Ramon. Duas horas antes da reprodução simulada do crime, há uma vigília agendada no ministério com a participação da deputada federal e de outros pastores.