Tamanho do texto

Post do homenageado no Twitter dizendo que estava indo para Amazônia surpreendeu assessoria do deputado, que contava com presença de Salles

Coronel Nishikawa homenageou Ricardo Salles arrow-options
Reprodução/TV Alesp
O evento aconteceu mesmo sem Ricardo Salles, que receberia maior honraria da Alesp

Em plena crise internacional em relação à agenda ambiental do governo brasileiro, o ministro do Meio Ambiente ,Ricardo Salles, seria condecorado nesta segunda-feira (2/9), na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Salles, entretanto, não compareceu. O público presente na solenidade soube da ausência do ministro em cima da hora.

Leia também: Governo federal autoriza queimadas fora do território da Amazônia Legal

Uma publicação no Twitter surpreendeu a assessoria do deputado Coronel Nishikawa, idealizador da homenagem. Na imagem postada por Ricardo Salles às 9h, ele e outros integrantes do governo conversavam a bordo de uma aeronave. "Rumo à Amazônia, com reunião a bordo!", dizia o tuíte.

Salles receberia das mãos de Nishikawa o Colar de Honra ao Mérito Legislativo, a maior honraria concedida pela Casa. Um dos organizadores da solenidade classificou a situação como "constrangedora". O evento foi realizado mesmo assim, já que contou com outros quatro condecorados.

O deputado Coronel Telhada (Progressistas), que abriu o evento, justificou a ausência do ministro, dizendo que ele "recebeu uma ordem do nosso presidente Jair Bolsonaro para cumprir uma missão na Amazônia ".

Leia também: Por trabalho conjunto, ministros se reunirão com governadores da Amazônia Legal

Para não deixar o clima tão constrangedor, Nishikawa afirmou que não foi surpreendido pela falta de Salles e disse ter sido avisado da viagem do ministro há três dias.

"Eu não avisei (sobre a ausência de Salles) porque é uma missão que ele recebeu, né? E a gente respeita a missão. Numa outra oportunidade a gente vai conceder pra ele, com certeza", declarou o deputado

Para Nishikawa, a repercussão negativa e a crise internacional deflagrada pelas políticas ambientais de Salles não afetam o merecimento da homenagem .

Leia também: Bolsonaro diz que vai vetar 9 pontos do projeto de abuso de autoridade

"Existem queimadas e não é de hoje. Todo mundo sabe disso. Não aumentou, nem diminuiu. Acho que até pelas medidas que o nosso presidente tomou, estão diminuindo as queimadas por lá ", disse ele sobre a pasta de Ricardo Salles . "Apesar das críticas que ele tem recebido, tenho absoluta certeza que o que ele está fazendo é o certo. Ele tem feito um bom trabalho".