Tamanho do texto

Decisão foi tomada nesta quinta, após pedido da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo; Flávio e Lucas foram presos no último dia 20 de junho

Flordelis arrow-options
Cléber Mendes /Agência O DIA
Justiça prorroga prisão temporária de filhos de Flordelis por mais 30 dias

A Justiça prorrogou por mais 30 dias a prisão temporária dos dois filhos da deputada federal Flordelis dos Santos de Souza suspeitos de participação na morte do pastor Anderson de Souza do Carmo. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, após pedido da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, responsável pela investigação do caso. O Ministério Público estadual do Rio deu parecer favorável à manutenção da prisão dos dois suspeitos.

Leia também: Após 'abandono' e distanciamento, Flordelis exonera mulher de filho adotivo

Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cézar dos Santos de Souza são investigados pelo assassinato de Anderson, marido de Flordelis . Eles são mantidos presos, por decisão judicial, na DHNSG . A Justiça decretou a prisão de ambos, pela primeira vez, no dia 20 do mês passado. O prazo para a prisão temporária pelo crime de homicídio é de 30 dias, e pode ser renovado por mais 30.

A morte do pastor Anderson completou um mês nessa terça-feira. Ele foi assassinado dentro da casa da família, em Pendotiba, Niterói. Flávio, que é filho biológico apenas de Flordelis, confessou ter matado o padrasto. Policiais da DH encontraram no quarto de Flávio a pistola usada no crime. Um exame de confronto balístico feito pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli confirmou que a arma foi usada para executar Anderson.

No próximo domingo, filhos de Flordelis que romperam com a pastora após a morte de Anderson vão realizar um ato em homenagem ao pastor . A manifestação está marcada para começar às 10h, no Laranjal, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, em frente ao local onde estava sendo construída a nova sede do Ministério Flordelis, igreja criada pela pastora e seu marido.

Leia também: Caso Flordelis: reconstituição do crime ainda depende de aval do STF

O ato está sendo organizado por Daniel dos Santos de Souza, único filho biologico de Flordelis e Anderson, junto com dois filhos adotivos do casal, Luan Santos e o vereador Misael, cujo nome de batismo é Wagner de Andrade Pimenta. Estarão presentes na homenagem a mãe e a irmã do pastor. Daniel, Luan e Misael postaram textos chamando para o ato em suas redes sociais.