Tamanho do texto

Entrevista dada por Renato Bolsonaro foi recuperada por internautas após presidente dizer que trabalhou em fazenda quando tinha "nove, dez anos"

Jair Bolsonaro
Clauber Cleber Caetano/PR
Bolsonaro disse que trabalhou quando criança, mas seu irmão, em 2015, disse que pai 'nunca deixou um filho trabalhar'

Após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) dizer  durante live no Facebook em que defendeu o trabalho infantil que colheu milho aos "nove, dez anos de idade" em uma fazenda de São Paulo, internautas recuperaram uma entrevista feita com a família do então deputado federal na qual um dos irmãos nega que qualquer um deles tenha trabalhado quando criança.

“Meu pai tinha o estilão dele, boêmio. Mas nunca deixou um filho trabalhar, porque achava que filho tinha que estudar”, disse Renato Bolsonaro , em março de 2015, em entrevista para a revista Crescer . A mãe do presidente, Olinda Bolsonaro, também participou da reportagem e, em certo momento disse que o filho "não era de falar besteira".

Leia também: Bolsonaro diz sofrer ataques da esquerda por defender trabalho infantil

O presidente, durante a transmissão ao vivo, defendeu o trabalho infantil ao usar o próprio exemplo e declarou que "o trabalho dignifica o homem e a mulher, não interessa a idade", mas que não apresentaria nenhum projeto de lei para descriminalizar a prática por saber que "seria massacrado".

"Quero dizer que eu, meu irmão mais velho, uma irmã minha também, pouco mais nova, com essa idade, 8, 9, 10, 12 anos, trabalhava na fazenda. Trabalho duro", acrescentou Bolsonaro , indo no sentido contrário à declaração do irmão.